Domingo, 27 de Fevereiro de 2005

...

SONHAR


berlenga.jpg


Noites tais que dão margem
aos mais puros sonhos,
porém são sonhos...
Apenas sonhos, ou não?



Se a magia dos sonhos
fosse suficiente à verdade,
a vasta realidade,
se encheria de sonhos.



Assim como o futuro
se torna presente.
E o mais profundo buraco
ainda possui fundo.



Às vezes penso no mal,
que sempre rasga o sentimento
deixando para trás
cicatriz de sofrimento.



Ao sonhar com sentimento
lembro dela e do nada,
olhar de apaixonada,
dona do meu tormento.



Um beijo que fosse
um toque vulgar de clareza.
Encontro com a magia
pesadelo de sonhar.



Os sonhos são como um mar,
dão voltas e voltas,
cortam os fios da vida
como se não usasse para nada.



Dão chance ao pensamento
que cresce como um tornado,
até quebrar em mil pedaços
por bater de frente com a decepção.


De um oceano sem fim,


de um CORAÇÃO.


António Soares


27-02-2005

publicado por antoniopiressoares às 19:28
link do post | favorito
|
Quinta-feira, 17 de Fevereiro de 2005

...

 


transformation.jpg



Não amo a cor dos olhos
Amo o olhar
Não amo a brancura dos dentes
Amo o sorriso
Não amo o contorno dos lábios
Amo o beijo
Não amo o formato dos braços
Amo o abraço
Não amo o alongado dos dedos
Amo a carícia
Não amo as curvas das pernas
Amo o andar
Não amo o volume dos seios
Amo o aconchego
E que bom não seja isto uma escultura
Seja apenas um poema à-toa
Porque não amo um corpo
Amo uma pessoa.


 


António Soares


17-02-2005

publicado por antoniopiressoares às 23:41
link do post | favorito
|

...

75035658.jpg

Há Momentos
"Há momentos na vida em que sentimos tanto
a falta de alguém que o que mais queremos
é tirar esta pessoa de nossos sonhos
e abraçá-lo.
Sonhe com aquilo que você quiser.
Seja o que você quer ser,
porque você possui apenas uma vida
e nela só se tem uma chance
de fazer aquilo que se quer.
 
Tenha felicidade bastante para fazei-la doce.
Dificuldades para fazei-la forte.
Tristeza para fazei-la humana.
 
E esperança suficiente para fazei-la feliz
As pessoas mais felizes
não têm as melhores coisas.
Elas sabem fazer o melhor
das oportunidades que aparecem
em seus caminhos.
 
A felicidade aparece para aqueles que choram.
Para aqueles que se machucam.
Para aqueles que buscam e tentam sempre.
E para aqueles que reconhecem
 
a importância das pessoas que passam por suas vidas.
O futuro mais brilhante
é baseado num passado intensamente vivido.
Você só terá sucesso na vida
quando perdoar os erros
e as decepções do passado.
 
A vida é curta, mas as emoções que podemos deixar
duram uma eternidade.
A vida não é de se brincar
porque um belo dia se morre."
 
António Soares
publicado por antoniopiressoares às 23:09
link do post | favorito
|

...

O Amanhecer Olha o dia amanhecendo e logo irás sentir que, em quase tudo, há anjos tecendo o alvorecer. Uns são raios de sol que vêm descendo, para iluminar o que de bom a gente sonha fazer. Outros são canções suaves que quando em silêncio, a gente ouve em toda fonte que jorra, em cada onda que bate, em cada sopro de vento, em cada silvo selvagem, em cada bicho que corre, em cada flor ao nascer. Eles são fontes de energia e protecção, presentes em teus planos, desejos, vontades, em tudo o que o amanhecer inspira. Só que é preciso fechar os olhos para ver, e ouvir o coração dizendo que a gente é como gota de água, nesse mar imenso do universo, com o poder infinito de transformar o que é invisível em cores do arco-íris. Acredita. Cada manhã dá luz a um novo dia, mas és tu quem faz nascer a alegria.


 


António Soares


17-02-2005

publicado por antoniopiressoares às 22:44
link do post | favorito
|

...

Eu queria ser...


48.gif



O parceiro das tuas alegrias,
o ombro das tuas infelicidades ,
o motivo de cada sorriso
e a razão de tua saudade.


És do poeta a inspiração,
do músico a própria canção,
o néctar da mais fina flor,
do mundo, meu grande amor.


És poema que nunca foi lido,
o sonho que não quero acordar,
do amor, o próprio cupido,
minha vida, o meu sol, o meu ar.


Se tivesse eu o dom da poesia,
para numa só palavra
 descrever o amor,
este nome o teu seria.


E eu o faria, em verso ou prosa
como faz o trovador.
Mas como na poesia não posso
 me apoiar, apenas três palavras queria escrever

"Eu te amo",

mesmo sem acreditares,
és o sonho que não quero
acordar.


António Soares


17-02-2005

publicado por antoniopiressoares às 22:36
link do post | favorito
|

...

SER FELIZ


lindo.jpg



Ser feliz é...
  Fazer das lágrimas um sorriso,
do passado um presente,
do futuro um tudo,
  do nada um pouco.
  Ser feliz é...
  Fazer do ódio um amor,
  do amor um alguém,
  desse alguém uma vida
  Dessa vida Tu!


 


 


 

publicado por antoniopiressoares às 22:28
link do post | favorito
|

...

Saudade é


61_JungleMoon_s.jpg



Saudade é amar um passado que ainda não passou,
é recusar um presente que nos machuca,
é não ver o futuro que nos convida...

Saudade é sentir que existe o que não existe mais...
Só uma pessoa no mundo deseja sentir saudade,
aquela que nunca amou.
E esse é o maior dos sofrimentos:
não ter por quem sentir saudades,
passar pela vida e não viver.
O maior dos sofrimentos é nunca ter sofrido..."


 António Soares


17-02-2005


 

publicado por antoniopiressoares às 22:21
link do post | favorito
|

...

Castelo de Versos 


SandCastle1.jpg



Há em minha vida um rumo, um norte, de sorte que meus sonhos são planos já traçados.


 E nos traços que os descrevo escrevo meus versos como um arquitecto inquieto que ergue suas estruturas, construo meu castelo de figuras e sigo em frente.


 Disciplinente que sou
dispenso o mestre de obras e com as sobras da argamassa torno parede sólida a fumaça dos sonhos do dia a dia.


 E assim faço minha poesia, dos meus planos que são sonhos e não me oponho aos factos, apenas remodelo-os como criança caprichosa como o espinho prematuro que antecipa  a rosa.


 António Soares


17-02-2005


 

publicado por antoniopiressoares às 22:10
link do post | favorito
|

...


Asas


66_crystaldawn_s.jpg



Asas para que vos quero?”
Talvez para um voo pelo mundo...
Quem sabe, para um mergulhar profundo...
Ou talvez para chegar até ao mar.

Esses mares nunca antes navegados...
Esses mares, com lembranças do passado,
de frágeis naus, a lhe desafiar.

Asas, da imaginação do navegante,
que pelo mar viu monstros arrepiantes,
e se encantou com sereias a cantar.

Asas, que me deram força de voltar,
que a fúria nela sobreviveu,
para realizar o objectivo, sonho seu,
de, para sua bela, retornar.

Asas, que tenho em meu viver,
qual gaivota, e que me faz vencer,
toda tormenta de nuvens,
que possam, um dia, meu céu ameaçar.

“Asas, para que vos quero?”
Vos quero...simplesmente...
Para poder voar...


António Soares


16-02-2005


 

publicado por antoniopiressoares às 22:03
link do post | favorito
|
Quarta-feira, 16 de Fevereiro de 2005

...

 


Navegando 


67_sea_s.jpg 



Busco no espaço branco de minha tela inspiração para versos não escritos.
Navego com a intenção da caravela que leva em seu ânimo os espíritos.
Povoar de rimas e versos novos, este pedaço azul mal descoberto,
 como se palavras fossem povos que pisam em terra com ar incerto.
Descubro-me descobrindo minhas palavras dobrando o cabo de meus tormentos.


Faço de tantas letras minhas escravas e navego ao sabor dos ventos.
Exploro com voracidade  o mal que semeio,
sem cuidados e sem canteiros deixando vagas sob meus passos.
Mas, olho para trás e vejo espantado que a terra não ficou vazia restou, sobre este
chão pisado a lavra de minha poesia.


António Soares


16-02-2005


 

publicado por antoniopiressoares às 19:14
link do post | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
23

24
25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. Página de Homenagem póstu...

. Mensagem de Adilia Pires ...

. Homenagem póstuma a Antón...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

.arquivos

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds