Segunda-feira, 23 de Janeiro de 2006

...

Hoje , quem conta a história sou eu.


767613627.jpg



A historia de Tua vida,
Que pode ser assim resumida , na historia de cada filho Teu .


Porque eu fui testemunha ocular , sinto vontade imensa de falar .
Somos ao todos cinco irmãos .


Se gostava de nós, não gostava menos delas .
Embora fossemos bem diferentes tratava-nos sem distinção .


Posso ate afirmar sem receio , que não havia o mais feio. Olhavas , é claro , para o menor .
Éramos sim todos iguais , não havia ,o mais , nem o menos..
Tua dedicação era um Amor .

 
És enérgica , sem demasia , meiga , suave , uma doçura .


Com o nosso pai , era diferente .

 


Por estar quase sempre ausente , nunca via o que acontecia ,acertávamos as contas no fim do dia .

Como era bom naquele tempo ! . . .
A casa cheia , pequena mas de abundância na mesa .
se chovesse , ainda era uma beleza .
Contavam se bela histórias e ensinava-nos a Vida.
Com ele aprendi a falar, ler e escrever.


Hoje, tudo está tão diferente . . .
Com a Mãe e o Papai ausente . . .


Deus , achou chegada a hora , levou o Papai .
Mas , cumpriram , é certo , a missão .
Dando , a todos nós sem excepção , mesmo sacrificando a vida , um rumo certo , uma lição vivida .




E do Céu, onde estás , eu creio , e , ninguém duvida , por mais estranho que pareça, ainda



 existe a força do coração .
Tua presença , entre nós , é um bem .
Tua oração, Pai , foi ouvida , porque, Deus , olha por nós também .


António Soares,


 23-01-2006

 

publicado por antoniopiressoares às 12:30
link do post | favorito
|
Terça-feira, 10 de Janeiro de 2006

...

A VIDA


vida.bmp


(Este foi o primeiro artigo que editei no meu blog, foram estas letras que lhe deram origem, agora recordo esta passagem de um momento bastante triste, e como tudo muda na nossa Vida, decidi homenagiar este artigo que adoro)


 


Deve ser assim como o sol matinal na face
Algo que nos transforma homeopaticamente
Que chega devagar, penetra por nossos poros,
Brilha nossa pele e acalenta nosso coração
Deve ser assim como brincar no quintal,
Pisar o chão batido e sentir a terra em nossos pés
Algo que quanto mais simples melhor,
Que extraia a alegria do nada que nos cerca
Deve ser assim com som da canção predilecta
Que nos preenche alma, por vezes nos faz chorar
E mantém vivo algum momento passado
Que sem perceber se perdeu no tempo
Deve ser assim como o toque, mais que desejado,
Oferecido pela pessoa amada,
Que desperta em nos emoções únicas
Nos dá asas e faz brotar todos os sentimentos
Deve ser assim: sons, gestos, momentos,
Sensações, emoções, toques e simplicidade
A vida deve ser assim para quem ama
A vida deve ser assim da forma de um coração.


 


António Soares


10-01-2006

publicado por antoniopiressoares às 11:23
link do post | favorito
|
Quarta-feira, 4 de Janeiro de 2006

...

ÉS SIMPLESMENTE...


vida.jpg



És a flor do meu jardim
És o meu começo e o meu fim
És assim...
Meu recomeço

Quando tudo em mim
Põe-se a perder
És o meu renascer
És uma parte da minha história

És a minha glória
És tudo que eu tenho
És pouco eu sei
Menos que eu mereço
Mas juntos somos muito

Valemos algum preço
És a minha metade
Aquela que quando parte
Deixa sempre saudade

És um fio de navalha
Que cortando minha carne com carinhos
Inflama meus sonhos em desalinho

És a minha poesia
E quando longe, a minha nostalgia
És a todo dia, a minha maior alegria

És o meu engano
És meus loucos planos
És a minha mentira
Fantasiada de agonia

És a melhor parte do meu coração
Onde mora a minha emoção
És simplesmente...
A minha continuação
O meu melhor pedaço

A minha maior lembrança
Aquela que eu vou carregar
Mesmo depois que aqui
Tu não puderes mais estar.


 


 


 


 

publicado por antoniopiressoares às 16:11
link do post | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
23

24
25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. Página de Homenagem póstu...

. Mensagem de Adilia Pires ...

. Homenagem póstuma a Antón...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

.arquivos

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds