Domingo, 30 de Janeiro de 2005

...

BASTA


Calmbeforetempest.jpg


Basta soltar o barquinho do sonho


e lançâ-lo ao mar alto,


à deriva


e ficar dentro dele.


 


Basta aprender a falar


e a sonhar


como queremos.


 


Basta pedir perdão e perdoar.


 


Basta dar e receber,


quando se quer


e quando se merece.


 


Basta clamar basta.


basta olhar para as estrelas.


 


Basta ouvir todos


os que desejam falar conosco.


 


Basta juntarmos as mãos


e pedir Paz,


Amor,


festas para dar aos que de amor precisam.


 


Basta saber que existem homens


que precisam de VIVER...

publicado por antoniopiressoares às 17:24
link do post | favorito
|
15 comentários:
De Viceversa100 a 5 de Fevereiro de 2005 às 10:08
Basta: sermos capazes...Um bom fds 1 beijinho


De maryjo a 4 de Fevereiro de 2005 às 10:35
Tens um jeito lindo de escrever poesia. Parabéns


De isarara a 4 de Fevereiro de 2005 às 10:34
Digo sé que adoooreei..


De saltapocinhas a 4 de Fevereiro de 2005 às 00:08
Olá! Obrigada pela visita à bruxinha, que tem estado parada por falta de tempo. Não te posso ajudar pois não sei publicar códigos para transportar imagens... O meu blog principal é o Fábulas, fico à espera da tua visita!


De andrye a 3 de Fevereiro de 2005 às 12:19
Adorei! beijokas grandes.


De Hideous a 1 de Fevereiro de 2005 às 19:34
por vezes bastam pequenas coisas para sermos felizes... e mts das vezes ñ reparamos!! Beijinhos de felicidades amigo :)


De Rita Lemos a 1 de Fevereiro de 2005 às 01:07
Tem uma música que gosto muito,gostaria de dividi-la contigo, espero que você aprecie também!


Em cada janela, uma luz acesa
Em cada coração solitário, a incerteza
Aqui dentro o tempo parece que não tem mais fim
E lá fora agora alguém espera por mim

Se as coisas são como devem ser
Avassaladoras serão nossas vidas então
Quando eu não caibo mais em mim
O mundo cabe na palma da minha mão

Cada passo que repito, não é igual ao de antes
O que ficou para trás é o que me leva adiante

Se as coisas são como devem ser
Avassaladoras serão nossas vidas então
Quando eu não caibo mais em mim
O mundo cabe na palma da minha mão

Beijinhos,tchau!


De lina a 1 de Fevereiro de 2005 às 00:38
Passei pra te deixar força num beijinho ;*


De pauxana a 31 de Janeiro de 2005 às 22:19
Basta uma pequena mensagem, ou um email engraçado, para não nos sentirmos sós neste mundo. Beijinhos.


De sandra a 31 de Janeiro de 2005 às 14:21
Olá!!Adorei este blog, mesmo muito lindo!!E tambem adorei este poema, lindo muito profundo!!Visite-me!Beijinhos!!


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
23

24
25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. Página de Homenagem póstu...

. Mensagem de Adilia Pires ...

. Homenagem póstuma a Antón...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

.arquivos

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds