Sexta-feira, 17 de Dezembro de 2004

...

 


ABRA A SUA JANELA...  


janela.jpg 


 Um casal, recém-casado, mudou-se para um bairro muito tranquilo. Na primeira manhã que passavam na casa, enquanto tomavam café a mulher reparou numa vizinha que pendurava lençóis no varal e comentou com o marido:


- Que lençóis sujos ela está a pendurar no varal! Está a precisar de um sabão novo. Se eu tivesse intimidade perguntava-lhe se ela quer que a ensine a lavar as roupas!


O marido observou calado. 


Três dias depois, também durante o café da manhã , a vizinha pendurava de novo os lençóis e novamente a mulher comentou:


- A nossa vizinha continua a pendurar os lençóis sujos!...


E assim, a cada três dias, a mulher repetia o seu discurso, enquanto a vizinha pendurava as suas roupas no varal.


 Passado um mês a mulher surpreendeu-se ao ver os lençóis muito brancos a serem estendidos, e disse ao marido:


 Veja, ela aprendeu a lavar as roupas, será que a outra vizinha lhe deu sabão?


O marido calmamente respondeu:


- Não, eu hoje levantei-me  mais cedo e lavei a vidraça da janela!


E assim é: 


Tudo depende da janela através da qual observamos os factos. 


Antes de criticar, verifique seus próprios defeitos e limitações. 


Devemos olhar, antes de tudo para a nossa casa, para dentro de nós mesmos. 


Só assim podemos ter a real noção do valor dos nossos amigos.


 lave a sua vidraça. 


Abra a sua janela...


 

publicado por antoniopiressoares às 11:46
link do post | favorito
|
2 comentários:
De Anónimo a 19 de Dezembro de 2004 às 03:06
este é o famoso "telhado de vidro" em nossas vidas.Muito bonita a mensagem, faz-nos realmente refletir.


De andrye a 18 de Dezembro de 2004 às 10:01
Qd falamos de alguem costuma-se dizer "nas costas dos outros vemos as nossas!" e é verdade. bonito post. bjokas


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
23

24
25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. Página de Homenagem póstu...

. Mensagem de Adilia Pires ...

. Homenagem póstuma a Antón...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

.arquivos

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds