Terça-feira, 26 de Outubro de 2004

ELOS ALGEMADOS

snoopy-in-love.jpg



Os nós que nos atam
Embora delicados são indissolúveis
Invisíveis além do universo de nós dois
Elos imanizados de amor


Encaixe perfeito
Côncavo e convexo
letra e melodia, amor e poesia.


Preso a você, sou livre
Para amar, viver, sonhar
Sou inteiro, amo de forma plena
Sou todo, delicio-me com cada parte


sozinho, sem você
Sinto-me encarcerado num vazio
habitante de um universo sem sentido
sem cores, flores, e amores...


Somos fragmentos de uma engrenagem
Que separados são peças inertes,
Juntos movimentamos nosso mundo
E geramos uma existência de amor


Amor, prendo-me a você
Entrego-me de corpo e alma
Pois na cela da solidão,
minha única liberdade é você.


 


António Soares


26-10-2004

publicado por antoniopiressoares às 15:06
link do post | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
23

24
25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. Página de Homenagem póstu...

. Mensagem de Adilia Pires ...

. Homenagem póstuma a Antón...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

.arquivos

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds