Segunda-feira, 27 de Fevereiro de 2006

...

bask.jpg


Tenho somente dois versos

O eu, verso e meu reverso

Tenho somente dois lábios

Para beijar-lhe no espelho

Tenho somente dois passos

Percorrendo os seus caminhos

Apenas dois livros tenho

Céu distante e chão presente

Motivos ambos eu tenho

Meu encanto e desencanto

Solidão e solidão

Rompidas no coração

E uma única alegria

A Sagração da Poesia.

publicado por antoniopiressoares às 22:53
link do post | favorito
|
1 comentário:
De Chama Oculta a 28 de Fevereiro de 2006 às 16:58
são como as ondas do mar...vêm e vão. A diferença, é que cada 1 delas só o faz uma única vez...São momentos e oportunidades que cada um de nós tem. Por isso, há que aproveitar cada onda e cada gota de oceano..."Bora" lá deixar essa tristeza que te assombra, e dar um pouco de alegria a esse coraçãozinho maravilhoso. Ondas de oceano existem muitas....tal e qual como as oportunidades na vida. E afinal...onde anda o oceano sem fim? Venho aqui navegar....não naufragar nem fazer salvamentos! Um beijinho para ti AMIGO!


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
23

24
25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. Página de Homenagem póstu...

. Mensagem de Adilia Pires ...

. Homenagem póstuma a Antón...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

.arquivos

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds